sábado, 17 de março de 2012

Sunny fala sobre seu papel como MC em Music Island!




Como sabemos, Sunny agora está apresentando o novo programa musical da SBS, o Music Island. Recentemente, ela foi entrevistada e respondeu perguntas sobre esta nova experiência. Confira abaixo!


Na primeira apresentação do programa Music Island, dia 29 de fevereiro, Sunny mostrou seus talentos como MC, e de forma gradativa, durante o programa, foi estabelecendo confiança.


Foi a primeira vez que você foi MC sozinha de uma programa. Imagino que você deve ter se sentido diferente.
“Estou animada e um pouco agitada. É um pouco triste que não haja nenhuma membro de Girls’ Generation aqui comigo, mas eu tentarei fazer desse programa um lugar onde eu possa falar de música com os convidados”.


Como você sentiu quando foi convidada para ser MC?
“Estaria mentindo se dissesse que não estava sobrecarregada de trabalho. Mas eu aceitei a oferta com o coração feliz e agradecido. Para ser ainda mais honesta, eu pensei muito sobre ser MC sozinha, e vi que seria uma forma de confiarem em mim e decidi fazer o melhor que posso”.


E sobre as reações das demais Girls’ Generation. Quem mais se animou?
“Todas as membros ficaram felizes por mim, mas Tiffany, Taeyeon e Seohyun, que atualmente são MC’s do Music Core, me deram muitos conselhos. Elas estavam todas felizes por mim e me parabenizaram”.


Existe alguém que você considere como um modelo de ser MC?
“Yoo Heeyeol que está no programa da KBS chamado ‘Yoo Heeyeol’s Sketchbook’. Eu aprendi muito com ele, seu jeito de se comunicar com o público, de forma espirituosa e cheio de humor, que só um músico pode ter. Eu sei que não serei agora tão boa quanto ele, mas estou me esforçando bastante para aprender mais”.


Quais foram as reações após o primeiro programa?
“Todos que conheço assistiram ao primeiro programa e me deram parabéns. Eu acho que eles mais me elogiaram do que criticaram. Eu acho que só eu senti que ainda não foi o meu melhor”.


E o que te fez sentir que ainda não foi o seu melhor?
“Para ser honesta, eu estava preocupada com a possibilidade de não ser capaz de falar profundamente sobre música, por ser ainda muito nova e por também ser uma ídolo. Com isso em mente, eu me esforçarei bastante estudando sobre música e sobre outros cantores”.


Qual você acha ser seu ponto forte como MC?
“Muitas pessoas conhecem as Girls’ Generation e nos amam, e também querem nos conhecer mais, então eu acho que eu ser uma das Girls’ Generation é o meu ponto mais forte, minha maior vantagem. Acho que fui escolhida por ser membro do grupo e porque muitas pessoas podem me ver de forma familiarizada. Por esta razão, me esforçarei muito como uma Girl Generation para deixar as pessoas conhecerem mais sobre o grupo e sobre nosso país. Trabalharei duro para divulgar nossos cantores de K-Pop”.


Há algo que você faça que te diferencie de outros MCs?
“Mesmo eu não sendo totalmente capaz de guiar uma conversa sobre qualquer assunto, eu me esforço bastante para ouvir tudo o que dizem. Algo que me diferencie seria isso, porque eu ainda sou nova”.


Existe alguma celebridade que você gostaria de convidar? E por qual razão?
“Eu quero convidar Wheesung, que atualmente está cumprindo serviços militares. Ele foi meu instrutor vocal, então meu convite para ele seria diferente. Honestamente, a razão seria justamente porque ele está em serviços militares, e ainda falta um ano para ele poder sair. Eu não quero perder o foco como MC no Music Island até lá, e é por isso que quero convidá-lo”.


Eu acredito ser diferente estar no palco como MC e também como cantora. O que você acha ser diferente?
“Como cantora, eu daria energia em três ou quatro minutos da apresentação. Como MC, eu aprendi que minha atuação no palco não é mais importante que a harmonia e o fluxo do programa. Então eu acho que o papel do MC é equilibrar os lados, e eu estou fazendo meu melhor para isso.”


A popularidade mundial das Girls’ Generation é enorme. Existe algum momento que você sente que a popularidade do K-Pop mudou comparada ao passado?
“Não apenas as Girls’ Generation, mas sou capaz de sentir que a popularidade do K-Pop cresceu muito. Eu percebi quanto de K-Pop têm se espalhado no mundo quando eu vejo fãs internacionais, e eles vêm de vários países. Eu me sinto muito orgulhosa disso. Nós nos esforçaremos bastante para fazer da Coreia mais conhecida através do K-Pop”.


Eu aposto que existem muitos fãs que vocês não esquecem quando estão promovendo o grupo.
“Claro que eu me lembro de alguns dos fãs, mas um fã que estou lembrando agora é um que conheci na França. Nós tivemos um tempo livre para passear em Paris, e do nada um fã correu até nós e começou a cantar e dançar Gee. O amor dessa pessoa por K-Pop me comoveu, e eu me senti extremamente agradecida, então eu acho que é por isso que estou me lembrando deste fã agora”.


Como está a sua saúde? Imagino que deve ser cansativo ser apresentadora e cantora.
“É sim, ser cantora e apresentadora ao mesmo tempo é difícil e cansativo, mas em vez de pensar isso, eu penso que é divertido, o que torna tudo ainda melhor. A cada semana, hoje eu sou MC, depois farei as pessoas rirem em um programa de variedades amanhã, no próximo dia vou ensaiar para o meu musical. Eu penso assim porque todo e cada dia é divertido e diferente, cada dia é mais divertido e vale a pena. Claro que estou ocupada, mas por estar ganhando tanto amor, cada dia é divertido e adorável, ao ponto que não posso estar mal de saúde. Em um palavra, estou muito saudável!”


De que forma você cuida da sua saúde?
“Como esperado, ter um trabalho que você gosta e trabalhar com pessoas que você gosta é ótimo, e se cada dia é bom, você acaba sorrindo mais, então eu acho que me recupero mais rápido quando fico doente. Não há nada em particular que eu faça para isso. Se eu tiver que escolher alguma coisa, eu diria ter uma mente otimista? Viver de forma otimista?”


Conte-nos sobre seus planos para o futuro. Não apenas da Girls’ Generation Sunny, mas também da pessoa Sunny.
“Como membro do Girls’ Generation e como pessoa, eu quero experimentar diferentes áreas de trabalho, e também sentir e aproveitar mais coisas. E é claro que será ótimo se essas coisas acontecerem de forma boa para mim. E mesmo que não sejam, eu quero ter a experiência. Falando como a Sunny de Girls’ Generation, o musical que estou para fazer, ‘Catch Me If You Can’, começa no final de março. Espero que muitas pessoas compareçam para me ver, não apenas como a MC Sunny, mas também como a atriz Sunny. E é claro, por favor nos dêem muito suporte nas atividades como Girls’ Generation, porque elas sempre continuam. Eu terei muitas coisas para fazer em breve, então espero que as pessoas me passem energia positiva, e espero também ganhar muita atenção e amor. 
Obrigada”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário